Recife, vc me surpreende de muitas maneiras diferentes.  Apesar das surpresas, mudas muito pouco.
A Fundaj do mesmo jeitinho, cinzenta fachada.
O Spettus.
O curso de Redação Vicente funciona no mesmo lugar... com uma companheira diferente. Saudades de Maísa.
Na Agamenon, o escritório de José Paulo Cavalcanti Filho...
O Centro de Convenções, pela primeira vez uma ida a negócios. Das outras, sempre um filme, sempre um show, sempre a arte - o consumo da arte.

Postagens mais visitadas deste blog

Sonhos famintos: leitura do conto A Cadeira de Balanço, de Clarissa Loureiro

O tecer das horas e o bordar das pétalas

Gabriel, Miguel, Drummond e Chico