Postagens

Mostrando postagens de 2019

O Mapa da Gramática – capt. II: palavras invariáveis da língua portuguesa

Imagem
Gente, eu prometi que iria tratar dos termos integrantes e acessórios, porém antes devo falar sobre as classes de palavras invariáveis da língua portuguesa, ou seja, que não se flexionam: advérbio; preposição e conjunção. Os advérbios conseguem modificar verbos, adjetivos, outros advérbios e o conteúdo inteiro de um enunciado. Advérbio é a palavra invariável que age como um modificador de um verbo, de um adjetivo, também de outro advérbio (*) ou de um enunciado inteiro. (*) Joana acordou muitocedo. Nesse exemplo, existem dois advérbios, muito e cedo: muito é advérbio de intensidade e cedo é advérbio de tempo.



Tipos de advérbio
Os advérbios são classificados a partir do sentido que expressam. São eles:
De lugar: aqui, ali, lá, além, atrás, fora etc. De tempo: ontem, hoje, amanhã, cedo etc. De intensidade: mais, muito, bastante etc. De modo: bem, mal, rapidamente etc. De afirmação: realmente, certamente etc. De dúvida: talvez, provavelmente etc. De negação: não.
Preposições
As preposições ligam o…

O Mapa da Gramática

Imagem
Estudar substantivo, verbo, adjetivo, orações sindéticas, assindéticas; substantivas, subjetivas, adjetivas… é muita coisa! Passamos anos e anos estudando esses assuntos e parece que não aprendemos nada. Comecemos por tentar relaxar porque tudo vai dar certo. Nada como um dia atrás do outro e uma noite no meio. Há solução. Para isso, precisamos de alguma bússola; a primeira é a mais simples: ler. Comece pelo que lhe interessa.


Toda forma de leitura vale a pena. Quanto mais lemos, mais nos familiarizamos com gêneros, modos de fazer literatura. Nesse caminho, encontramos autores loucos e outros nem tão loucos assim. Uns engraçados e outros trágicos. Há livros para crer. Para descrer. Para rir. Para chorar. Para aprender. E para ser. Nessa proposta de Mapa da Gramática, vamos tentar partir de um texto. Não necessariamente escrito pois a oralidade é o que mais nos constrói. Né? Quem são os melhores professores em todo planeta? Nossos pais – que nos ensinaram a falar. E eu tenho certeza de qu…

Ser artista é fracassar

Imagem
| O que digo é que Van Velde é... o primeiro a admitir que ser artista é fracassar, como ninguém mais ousa fracassar, o fracasso é o seu mundo. | 
AUSTER, Paul. Noite do Oráculo. São Paulo: Companhia das Letras, 2004.

Clarice Lispector e os rudes ritmos ritualísticos da adolescência em Laços de Família

Imagem
Há essa atmosfera delicadamente adolescente na obra Laços de Família (1960), especialmente nos contos Mistério em São Cristóvão e Preciosidade, peças que são resultantes do esmerado labor de Clarice Lispector, expert em atar e desatar narrativas do processo de adolescer experimentado por suas personagens. E é preciso notar e anotar que, logo na estreia como romancista, enxergam-se marcas do espírito teen emJoana, apesar de essa heroína ser caracterizada como adulta, casada inclusive. Encostando a testa na vidraça brilhante e fria olhava para o quintal do vizinho, para o grande mundo das galinhas-que-não-sabiam-que-iam-morrer. E podia sentir como se estivesse bem próxima de seu nariz a terra quente, socada, tão cheirosa e seca, onde bem sabia, bem sabia uma ou outra minhoca se espreguiçava antes de ser comida pela galinha que as pessoas iam comer. (LISPECTOR, Perto do Coração Selvagem, p. 19) Tal teen spirit ou teen soul corporifica-se nas reminiscências da infância feliz junto ao pai em…

Brasão dos Gonzaga de Mântua

Imagem

Ide às chamas do vosso próprio fogo e às brasas que vós acendeis

Imagem
- Você é índia branca que cupim que não rói.  Foi o que o sogro disse para a nora, Mariana.

Ela contou que esse foi o maior elogio que recebera em toda sua vida. Agora, aos 79 anos, ela me olha com um manto de um azul profundo do seu olhar. Seus olhos são duas cortinas em que consigo captar o pulsar da sua vida. Ela é cheia de bom humor e me diz que passou um mês na casa de alguém: - Vieram me buscar, sabe? Fui para uma casa bonita, um pouco longe daqui. Me trataram tão bem. Me deram tantos mimos. Faziam e traziam o meu café na cama, veja só.

- E a senhora não consegue se lembrar quem eram?

- Não. Mas isso não importa, né? O que importa mesmo é que passei uns dias maravilhosos com um casal bonito que tinha um filhinho. Será que era minha filha? Eu tenho uma filha e um filho.
Valdomira tem Alzheimer ou ficou caduca - como outrora dizia do idoso que esquecia de coisas e, principalmente, de pessoas.