Zarolhices acontecem quando estamos felizes. Drawing by Tom Azevedo.


"Thoreau achava que o medo era a causa da ruína dos nossos momentos presentes. E

 também as assustadoras opiniões que nós temos de nós mesmos. Dizia ele: ´A opinião

 pública é uma tirana débil, se comparada à opinião que temos de nós mesmos´. É

 verdade: mesmo as pessoas cheias de segurança aparente julgam-se tão mal que no

 fundo estão alarmadas. E isso, na opinião de Thoreau, é grave, pois ´o que um homem

 pensa a respeito de si mesmo determina, ou melhor, revela seu destino´."


Clarice Lispector: A Descoberta do Mundo, p. 166. Crônica de 28 de dezembro de 1968.

Postagens mais visitadas deste blog

Intacta retina: 07/08/16

Quero o terreno