Uma canção para John Fante

Fante nos olha e nos presenteia

John Fante (1909-1983) me foi apresentado por uma amiga, Natyara Amorim. Mil agradecimentos a ela são insuficientes.

- John, é na sua escrita que eu consigo surfar. Eu que nunca serei surfista. Pelo menos nesta vida. Prefiro apostar tudo na presente encarnação.

Trechos de “Espere a primavera, Bandini”:

|A incerteza da paz nascente agitou-se dentro das profundezas, dez milhões de quilômetros dentro dele.|
|Odiava August por causa disso, por fazer um cavalo de batalha da sua pobreza.|
|A senhora podia ser santa e firme, mas por que deviam todos eles sofrer? Sua mãe tinha Deus demais em si.|
|Os dias profundos, os dias tristes.|

|Havia peixe para o jantar porque vovó Donna mandara cinco dólares pelo correio.|



= = = 

Postagens mais visitadas deste blog

Arquiteto Carlos Nascimento (in memoriam) será homenageado pelo Conselho de Arquitetura e Urbanismo

É casa, é jardim

Sonhos famintos: leitura do conto A Cadeira de Balanço, de Clarissa Loureiro