Sylvia Plath



Sonhei com Sylvia Plath. Nele, ela tinha um irmão que a ajuda a superar a depressão causada pela morte do pai, aos 9 anos de idade. Ele sempre tirando-a de casa e levando-a para passear...
Influência do filme e do documentário que vi ontem à noite sobre a poeta. Também da entrevista (só o áudio) que ela concedeu em 1962.
Fotos do cartaz e cenas do filme estrelado pela querida Gwyneth Paltrow. Daniel Craig (o 007!), interpreta e bem, o poeta Ted Hughes, marido de Plath.


Postagens mais visitadas deste blog

Arquiteto Carlos Nascimento (in memoriam) será homenageado pelo Conselho de Arquitetura e Urbanismo

É casa, é jardim

Sonhos famintos: leitura do conto A Cadeira de Balanço, de Clarissa Loureiro