Vinícius de Moraes

Peço licença a Fernando Pessoa e parafraseio: O poeta é um sentidor: sente tão completamente que chega a sentir que é dor a dor que deveras sente.


"Tem certos dias em que eu penso em minha gente..."
(...)
"São casas simples com cadeira na calçada e na fachada escrito em cima que é um lar"...
(...)
E eu que não creio peço a Deus por minha gente...
é gente humilde...
que vontade de chorar..."
(...)

Postagens mais visitadas deste blog

Arquiteto Carlos Nascimento (in memoriam) será homenageado pelo Conselho de Arquitetura e Urbanismo

É casa, é jardim

Sonhos famintos: leitura do conto A Cadeira de Balanço, de Clarissa Loureiro