O dançarino hindu




"O dançarino hindu

faz gestos hieráticos, quadrados,

e pára.

É que parar por vários instantes também faz parte.

É a dança do estatelamento:

os movimentos imobilizam as coisas.

O bailarino passa de uma imobilidade a outra,

dando-me tempo para estupefação.

E muitas vezes sua imobilidade súbita é a ressonância

do salto anterior:

o ar parado contém todo o tremor do gesto.

Ele agora está inteiramente parado.

Existir se torna sagrado

como se nós fôssemos apenas

os executantes da vida."



= Clarice Lispector: "Tentativas de descrever sutilezas", em A Descoberta do Mundo.

Postagens mais visitadas deste blog

Arquiteto Carlos Nascimento (in memoriam) será homenageado pelo Conselho de Arquitetura e Urbanismo

É casa, é jardim

Gabriel, Miguel, Drummond e Chico