quinta-feira, 28 de abril de 2011

De Santo Agostinho


Com o coração se pede. Com o coração se procura. Com o coração se bate e é com o coração que a porta se abre. 

quinta-feira, 21 de abril de 2011

terça-feira, 19 de abril de 2011

Pedidos Possíveis

- Mãe, vc pode pedir a Deus pra eu andar de bicicleta sem rodinhas?
- Claro, meu filho, vou falar com Ele sim.

quarta-feira, 13 de abril de 2011

O que pedir?
Pouco, era para ser nada, porém, lá vai: mais energia e mais força.
O que agradecer? Muito.
Obrigada pela minha vida e que eu aprenda a ser grata pelo que tenho e pelo que posso ter. A ser grata pelo que sou e pelo que posso ser.
Obrigada!

segunda-feira, 11 de abril de 2011

Luz, luz, todos precisamos de luz.

domingo, 10 de abril de 2011

Baby, baby, baby, ilumine meu caminho (*)

22h35, de 9 de abril de 2011, vivas! Estou viva! E terminei de ver o Especial do U2 no Multishow.

Nesta semana, vi um programa no mesmo canal, uma entrevista com Paulo Ricardo (o vocalista do R.P.M. - ai, minha adolescência... ); ele me informa que o U2 foi fundado pelo baterista ao publicar um anúncio de jornal dizendo que queria montar uma banda de rock!

Puxa vida, eu sempre amei o U2 mas nunca li muito a respeito. Era só curtir o som e pronto!

Tô feliz. Obrigada.
 
* Trecho de canção d0 U2

sábado, 9 de abril de 2011

Sonhar é muito bom!

quinta-feira, 7 de abril de 2011

Rio de Janeiro, 12 crianças assassinadas

A Escola costumava ser um lugar sagrado: íamos todos os dias e não havia risco de sermos mortos.

quarta-feira, 6 de abril de 2011

Adeus a um tio


Você se foi na madrugada desta quarta-feira (6 de abril de 2011).
E agora, não adianta me arrepender das visitas que não te fiz. Guardo o sabor das conversas nas tardes de sábado em que seu brilho, bom humor e inteligência sempre me iluminavam.
Que Deus ilumine a sua viagem, tio B.

Trecho

Para que a gente escreve, se não é para juntar nossos pedacinhos? Desde que entramos que entramos na escola ou na igreja, a educação nos esquarteja: nos ensina a divorciar a alma do corpo e a razão do coração.

(Eduardo Galeano, em O livro dos abraços, p.19, L&PM Pocket, janeiro de 2009)

segunda-feira, 4 de abril de 2011

Voltei

Uma sobrinha e uma amigo reclamaram que o meu blog estava desatualizado - por isso, voltei!
Sei que essa audiência é um pouco suspeita, né? A sobrinha e um amigo! Mas isso me deixou bastante feliz e lisonjeada. É tão bom se sentir querida.



A capa acima é do livro que estou lendo; estou retomando minhas leituras e isso me deixa muito animada. Amanhã, vou transcrever uma crônica de Eduardo Galeano. É um rio de palavras a obra do autor uruguaio - dele, tenho também Dias e noite de amor e de guerra.